Uma Necessidade, um Projeto e uma Ação

Uma Necessidade, um Projeto e uma Ação

Uma Necessidade, um Projeto e uma Ação

-Texto: 2Rs 6.1-7-

1 E disseram os filhos dos profetas a Eliseu: Eis que o lugar em que habitamos diante da tua face nos é estreito. 2 Vamos, pois, até ao Jordão, e tomemos de lá, cada um de nós, uma viga, e façamos-nos ali um lugar, para habitar ali. E disse ele: Eu irei. 3 E disse um: Serve-te de ires com os teus servos. E disse: Eu irei. 4 E foi com eles; e, chegando eles ao Jordão, cortaram madeira. 5 E sucedeu que, derribando um deles uma viga, o ferro caiu na água; e clamou e disse: Ai! Meu senhor! Porque era emprestado. 6 E disse o homem de Deus: Onde caiu? E, mostrando-lhe ele o lugar, cortou um pau, e o lançou ali, e fez nadar o ferro. 7 E disse: Levanta-o. Então, ele estendeu a sua mão e o tomou.

 

 O abençoado ministério de Eliseu causou um grande impacto em sua época. Havia um grande despertamento, os jovens estavam envolvidos no trabalho do Senhor e sentindo a necessidade de tomarem um propósito Santo no coração (2Rs 6.1-7).

Eram filhos de crentes(profetas), eles tinham o desejo de verem crescer a obra de Deus.

Queriam construir uma casa maior. Isso nos remete a seguinte reflexão: diante das necessidades que se apresentam na igreja, qual tem sido o nosso comportamento? Estamos interessados em ver a solução? Ficamos indiferentes ou nos envolveremos, ajudando a solucionar?

 

Uma Necessidade

“Vamos até o Jordão” v2

   Todos estavam animados. Não importavam os obstáculos que iriam encontrar na caminhada.

Quando Paulo resolveu que deveria ir à Roma, a sua caminhada foi difícil: Tempestades, naufrágios etc. Ele enfrentou tudo isso porque tinha um ideal. Determinando Deus um PROJETO para cumprirmos, não importam os obstáculos, o Senhor nos ajudará a vencer. O importante mesmo é chegarmos ao Jordão, pois lá encontraremos o material a ser usado no trabalho que nos propomos a realizar.”

O Projeto

” Vamos conosco” v2

  Eles estavam motivados! Que projeto você tem? Já expôs ao homem de Deus, recebendo plena aprovação de seu líder? Ainda convidaram o profeta Eliseu.

” Eu irei…” v3 

Eliseu não foi intransigente, mas amigo dos seus cooperadores. Ele apreciava o trabalho daquele esforçado grupo.

Uma Ação

“… E, chegando eles ao Jordão…” v4

  • O trabalho é de mútua cooperação – Aqueles jovens agiram juntos. Quando agimos assim, com amor, desejo de crescimento e submissão, mesmo que surjam dificuldades, Deus fará milagres para que haja um bom resultado.
  • No trabalho do Senhor, não pode haver descuido –

” O ferro… Caiu na água…” v5

É verdade que acidentes acontecem com crentes fiéis e trabalhadores, como ocorreu com aqueles.

acidente não quando o jovem estava pecando, mas quando estava trabalhando. Como pôde?

O sábio Salomão aconselha: “Se estiver embotado o ferro, e não afiar o corte, então, se deve por mais força.” (Veja Ec 10.10).

 

Escrito por: Pb Arlindo – Assembléia de Deus do Méier – Sede

Deixe uma resposta

Fechar Menu