Ensinamentos na Dor – Rm 5.1-5

Ensinamentos na Dor – Rm 5.1-5

” Mas também nos gloriamos nas tribulações[..]” v.3

   Para os Cristãos do primeiro século, sofrer era a regra, não a exceção. Paulo disse que devemos superar o sofrimento para sermos aprovados por Deus. Apesar de triunfante, o ministério de Paulo era cheio de sofrimento. As provações começaram imediatamente e o acompanharam durante todo o ministério (At. 9.6,15).

Paulo sabia que as aflições presente aumentaria a glória além (2Co 4.17).

   Podemos entender o “espinho na carne” de Paulo como uma experiência grave, difícil e dolorosa (2Co 12.7). Paulo manteve-se fiel a Deus e teve uma perspectiva acertada, apesar do sofrimento.

Resultado de imagem para apóstolo paulo

   Isso significa que experimentaremos dificuldades que nos farão crescer. Deus usa as dificuldades da vida e os ataques de satanás para edificar o nosso caráter. Os problemas com que defrontamos inesperadamente desenvolvem nossa perseverança, que, por sua vez, fortalece nosso caráter, aprofunda nossa confiança em Deus e nos proporciona maior confiança sobre o futuro.

   Concluindo. Essa experiência confirma a nossa confiança de que a glória pela qual esperamos, um dia nos pertencerá (Rm 8.17-25; Cl 1.27).

 

Por: Presbítero Arlindo Martins (AD Méier-Sede)

 

Deixe uma resposta