Qual é a diferença entre Arrependimento e o Perdão?

Qual é a diferença entre Arrependimento e o Perdão?

O Arrependimento

O Arrependimento, mais do que um simples sofrimento é, na sua essência, uma vontade de reparar de forma eficaz e diligente o mal de que se foi protagonista. O passado não se altera, mas o futuro pode sempre ser diferente, impedindo a repetição do erro e fazendo o possível por se ser digno de perdão. Tudo isto, ainda que o gesto mau tenha sido resultado de uma intenção equívoca ou de um simples desleixo. Há quem acumule erros em forma de vícios. Chegando até a considerar como mera  formalidade um simples pedido de desculpa . Todos temos um pouco desta grande hipocrisia. Só o verdadeiro arrependimento pode colocar fim a uma série de desgraças.O arrependimento é um dos primeiros princípios do evangelho e é essencial para a nossa felicidade nesta vida e por toda a eternidade. É muito mais do que apenas reconhecer os erros. É uma mudança na mente e no coração  que nos dá uma nova perspectiva sobre Deus, sobre nós mesmos e sobre o mundo. ELE inclui afastar-se do pecado e voltar-se para Deus para obter o PERDÃO. O arrependimento é motivado pelo amor a Deus e pelo sincero desejo de obedecer aos Seus mandamentos. É o meio que nos foi dado para nos libertarmos de nossos pecados e recebermos o perdão por eles. O pecado atrasa o progresso espiritual
e pode até pará-lo completamente. O arrependimento torna possível que cresçamos e nos desenvolvamos espiritualmente de novo.

O arrependimento algumas vezes requer grande coragem, muita força, muitas lágrimas, orações incessantes e esforços incansáveis para viver os mandamentos do Senhor.

Princípios do Arrependimento

  • Precisamos Reconhecer Nossos Pecados
  • Sentir Tristeza por Nossos Pecados
  • Abandonar Nossos Pecados
  • Confessar Nossos Pecados
  • Fazer uma Restituição
  • Guardar os Mandamentos de Deus
  • Perdoar aos Outros


De que maneira o arrependimento nos ajuda?

Ao nos arrependermos, a Expiação de Jesus Cristo torna-se completamente eficaz em nossa vida e o Senhor perdoa nossos pecados. Tornamo-nos livres das cadeias do pecado e encontramos alegria. O arrependimento traz uma mudança de coração e da mente e por meio dele podemos ser perdoados de nossos pecados por nosso Senhor e Salvador Jesus Cristo.

Arrependendo-nos todos os dias e sendo perdoados pelo Senhor, experimentaremos um processo diário de aperfeiçoamento.

OBS : Fuja imediatamente de qualquer situação perigosa. Se uma certa situação o leva ou pode levá-lo
ao pecado, saia. Não é possível ficar próximo à tentação e esperar vencer o pecado.

O PERDÃO

Todos querem ser perdoados mas quantos querem perdoar? Esse é o grande desafio que Jesus nos lançou: aprender a perdoar. Mas perdoar é difícil. Como podemos superar a mágoa e oferecer perdão, mesmo quando a outra pessoa não merece? Jesus também nos dá a resposta. 70 vezes 7 é 490! Você já imaginou tentar guardar conta de todas as vezes que você perdoou uma pessoa? Você provavelmente iria perder as conta antes de chegar a 30 vezes (quanto mais 490…). Jesus disse isso para nos mostrar que devemos perdoar sempre.

Sempre que cometemos um pecado, pecamos contra Deus. Somos como o servo que tinha uma dívida impossível de pagar. Mas, quando recebemos Jesus como nosso salvador, Deus perdoa todos os nossos pecados! Ele nos perdoa porque nos ama. Basta crer. Se os nossos pecados foram todos perdoados, como podemos recusar perdoar quem peca contra nós? Se não perdoamos, mostramos que não entendemos ainda o perdão de Deus. Será que podemos mesmo nos chamar de cristãos se nos recusamos a perdoar? Perdoar não é fácil. Mágoa e outros sentimentos ruins nem sempre desaparecem de uma hora para outra. Precisamos da ajuda de Jesus. Tudo começa quando estamos dispostos a perdoar. E o perdão de Deus é nossa grande motivação para perdoar.

Atenção: Perdoar não significa continuar em uma situação abusiva ou perigosa. Significa largar o ressentimento e a vontade de retribuição. Você tem todo direito de se proteger e evitar situações ruins. Em caso de crime, você também tem todo direito de procurar o apoio da polícia e da justiça.

Por que perdoar?

Porque Deus nos perdoou – nossos pecados podem parecer pequenos comparados com outra pessoa mas são todos impossíveis de pagar. Se Deus é perfeitamente justo e perdoou você, você também deve perdoar. – Mateus 18:23-35

Porque liberta – quando você libera perdão, você não só liberta o ofensor do seu ódio; você também fica liberto. A falta de perdão causa mais problemas ao ofendido que ao ofensor, traz amargura e pode destruir sua vida (Provérbios 27:4). PERDOAR É LIBERAR O PRISONEIRO … E DESCOBRIR QUE O PRISONEIRO ERA VOCÊ.

Perdoar é esquecer?

Não, perdoar não é esquecer. Quando a Bíblia diz que Deus se “esquece” de nossas ofensas, significa que não cobra nunca mais. Do mesmo jeito, quando você perdoa uma pessoa, você não cobra mais por esse pecado. Esquecer não ajuda a perdoar, só ignora o problema. Perdoar é enfrentar o problema e reconhecer seu impacto negativo, depois decidir deixar todo desejo de retribuição.
O primeiro passo para perdoar é lembrar quanto Deus nos perdoou.

Como posso perdoar?

Você pode perdoar com a ajuda de Deus. Ao morrer na cruz, Jesus pagou o preço por todos os pecados. Ele ajudará você a se libertar do rancor e do desejo de vingança, abrindo caminho para o perdão. Perdoar não é um sentimento, que não dá para controlar. Perdoar é uma decisão que você faz, que depois tem efeitos em seus sentimentos.

Passos para perdoar.

  • Enfrentar o problema
  • Reconhecer seus sentimentos
  • Declarar o perdão

Quando alguém peca contra nós, é fácil retrucar pecando também. Se você pecou, peça perdão a Deus por sua atitude e peça sua ajuda para não voltar a fazer o mesmo no futuro. Procure formas de expressar seus sentimentos de maneira santa. Os sentimentos não são o problema, é o que fazemos com eles que pode ser mau (Efésios 4:26).

ARREPENDIMENTO vs PERDÃO

O arrependimento é o ato de fazer um afastamento do pecado que tão facilmente o envolve. Se você tem uma fraqueza de ir a um buraco de água (seja qual for o pecado que possa ser: Luxúria, Orgulho, Egoísmo, Raiva, Cobiça etc.), então o ato de arrependimento está se afastando de sua iniquidade e não retornando a ela. Então, se você for ao bebedouro, você não pode simplesmente confessar verbalmente o arrependimento, e depois voltar para o mesmo buraco amanhã. O ato de arrependimento acontece no coração. O verdadeiro arrependimento é provado na próxima vez que estivermos em frente ao poço, mas escolhamos não beber e fugir de sua presença. Isso é arrependimento.

O perdão é um ato no qual o ofendido livra o ofensor do pecado, liberta-o da culpa pelo pecado. Este é
o sentido pelo qual Deus “esquece” quando perdoa .Não que a memória de Deus seja fraca. Ele liberta a pessoa perdoada da dívida do seu pecado, isto é, cessa de imputar a culpa desse pecado à pessoa perdoada (veja Romanos 4:7-8).É importante entender que o perdão de Deus é condicional. Deus perdoa livremente no sentido que ele não exige a morte do pecador que responde a seu convite de salvação, permitindo que a morte de Jesus pague a pena por seus pecados. Contudo, Deus exige fé, arrependimento, confissão de fé e batismo como condições para o perdão .Deus nos chama a perdoar assim como ele perdoa. Posso não ser literalmente capaz de esquecer o pecado que alguém cometeu mais do que Deus literalmente “esquece” nossos pecados, mas preciso deixar de atribuir a ele a culpa pelo seu pecado. Deste modo, eu o liberto de sua “dívida””

PERDÃO e ARREPENDIMENTO, os dois são extremamente necessários para um vida de fé,obediência e santidade ao Senhor . Ambos nos colocam no centro da vontade de Deus

Autor(a): Raquel Duarte / Produtora de Texto HelpMéier

Deixe uma resposta

Fechar Menu