Luz nas Treva é o nosso projeto que evangeliza dentro de presídio os detentos, também leva materiais de limpeza, roupas e entre outras a eles

O início

O Projeto Social leva a Palavra de Deus aos encarcerados, do Presidio Evaristo de Moraes, situado na Rua Bartolomeu de Gusmão nº 1100 fundos no bairro de São Cristóvão na Cidade do Rio de Janeiro, teve inicio no ano de 1996, quando o Espirito Santo de Deus falou ao coração do Pastor Pedro Galdino Ferreira Neto – atual Presidente da Assembléia de Deus do Méier, para atender o chamado  da Carta de Paulo aos Hebreus 13:3 – “ Lembrai-vos dos encarcerados, como se estivésseis aprisionados com eles; “- visitando os encarcerados e levando a Palavra de Deus. Alguns anos depois, criou dentro aquele Instituto Penal, a Congregação Cristo Liberta, com um restaurado Corpo Ministerial formado por homens que cumprem pena, servindo como Diáconos, Obreiros, Presbíteros, Evangelistas, a um mesmo SENHOR, na realização de Cultos regulares, Ceia do Senhor e Batismo nas águas, levando aos outros internos a Palavra da Verdade que Salva, Cura e Liberta. São quatro galerias e mais de 1.000 ( mil ) homens que ainda estão encarcerados, mas, VIVEM LIVRES EM JESUS.

Antiga igreja Assembléia de Deus situada no Campo de São Cristóvão no número 338 no ano de 1989

Motivo

Ressocialização ( ressocializar tem origem em sociedade e se refere no retorno do convívio social de um ex-preso ) e reinserção social ( é o processo que integra novamente uma pessoa ao convívio social após sofrer uma etapa de privação de liberdade ) do preso, através do conhecimento da Palavra de Deus. Segundo dados extraídos do Balanço do Cadastro Nacional de Presos, apresentado na tarde de 7 de agosto de 2018 a Presidente do Conselho Nacional de Justiça ( CNJ ), em atendimento a implantação do Banco Nacional de Monitoramento de Prisões BNMP, havia no País 262.983 pessoas condenadas ao regime fechado. Outros 85.681 brasileiros cumpriam pena no regime semiaberto e 6.078 no regime aberto. Sendo no Estado do Rio de Janeiro 77.597 presos na Justiça Comum. Logo, imperioso que todos abracemos o Projeto LUZ NAS TREVAS, proporcionando aqueles que cometeram erros na vida, mas que podem iniciar um novo caminho graças ao arrependimento mostrando assim a capacidade de superação do ser humano através da força de vontade e da sua capacidade de reflexão, a possibilidade do retorno ao convívio social, sentindo-se valiosa para si mesma, para os seus e para o mundo.

Presídio Evaristo de Moraes em São Cristóvão

Nosso objetivo

Levar ao preso, JESUS, o que Perdoa, Abraça, Liberta, Cura, Salva e dá a Vida eterna. Como meio e motivação para retornar a vida civil digna, cuidando de si e dos seus entes queridos, apesar das dificuldades imposta pela sociedade, que não os receberá de braços abertos. Mas com o Amor de Jesus que transforma suas mentes e corações, mantendo-os em seus braços. Com o conhecimento, através das Escrituras, de outros presos famosos da história bíblica, tais como:

Paulo – com prováveis 30 anos, após sua conversão a Cristo Jesus, foi preso várias vezes em diferentes lugares: Em Filipo foi detido no cárcere interior (o mais distante da porta) com os pés colocados entre dois blocos de madeira. Dois anos em Cesareia ( Atos 24:27 ) e mais dois anos na primeira prisão em Roma, onde escreveu as famosas Cartas da Prisão, mesmo assim pregava o reino de Deus e ensinava a respeito do Senhor Jesus Cristo ( At 28:31 ).

José – teria aproximados 30 anos de idade, quando, vítima de uma calúnia, foi lançado a prisão, não se sabe por quanto tempo, entretanto lá permaneceu crendo em Deus, e foi um detento responsável, simpático e abençoado, que o levou a tomar responsabilidade por todos os demais presos ( Gn 39-23 ).

João Batista– por ter denunciado o incesto de Herodes com sua sobrinha e cunhada, João Batista foi encarcerado e decapitado, e seu corpo sem cabeça foi entregue aos discípulos de João para ser sepultado ( Mt 14.1-12).

Jesus – E, PRINCIPALMENTE JESUS DE NAZARé que sem máculas ou pecados, deu a vida, morreu a morte eterna em seu lugar e meu lugar. A cruz não era dEle. Era minha, era sua, era nossa.

Como você pode ajudá-los

Através de doações, pois nem todos possuem parentes ou alguém que possa ajudar. Então a falta de materiais de higiene básica e vestimentas, tais como:

  • Sabonete Branco
  • Prestobarba
  • Pasta de dente
  • Escova de dente
  • Calça jeans azul
  • Camisa branca lisa (Sem marcações na camisa)
  • Bíblia e livros

Para doar um desses materiais você pode entrar em contato com Evangelista Waltércio Freire, pois ele é o responsável pelo recebimento das doações. O mesmo sempre faz uma lista na Sede onde é passada os itens de maior necessidade.

É possível entrar em contato  conosco para realizar suas doações. Fale conosco pelo:

Para realizar uma doação clique no botão abaixo.




Atividades realizadas

É realizado:

  • Cultos segunda, quarta e sexta
  • Ceia
  • Batismo nas água

Números de pessoas atingidas com o Projetos

Os cultos realizados tem em média 240 preso presos presentes. A maioria dos presos convertidos fazem o evangelismo corpo a corpo para ganhar mais pessoas para Cristo.

Bibliografia

Balanço do Cadastro Nacional de Presos: http://www.cnj.jus.br/noticias/cnj/87316-bnmp-2-0-revela-o-perfil-da-populacao- carceraria-brasileira